Tactium – Soluções em call centers, discadores e CRM

6 dicas para conseguir lidar com a pressão no trabalho!

05/03/2020 Variado 0 comentários
6 dicas para conseguir lidar com a pressão no trabalho! - Softium

Muitos problemas de saúde podem ser gerados devido à pressão no trabalho. Tanto mais, se nenhuma providência adequada for tomada. Na atualidade, as empresas desejam ser cada vez mais competitivas. Nesse sentido, definem metas agressivas que, não raro, geram altos níveis de ansiedade e, até mesmo, pânico, em seus funcionários.

Em certos casos, essa pressão pode surgir, também, de colegas de trabalho, que almejam que a equipe produza mais, a fim de atingir determinadas metas ou apenas obter destaque. Os problemas aparecem, porém, quando essa pressão ultrapassa os limites, gerando enfermidades, como o estresse.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, 6 excelentes dicas para você lidar com a pressão, bater metas e otimizar os resultados sem, para isso, comprometer a sua saúde. Boa leitura!

1. Estabeleça metas reais para os dias

Ter metas ambiciosas de nada adiantará se a situação específica de sua organização demonstrar outra realidade. Isso não implica que você deve se abster de ir além. Afinal, uma das características empreendedoras de maior validade é, justamente, a proatividade.

Ressaltamos, apenas, que é fundamental “manter os pés firmes no chão” ao delinear suas metas. Para tanto, analise o que é possível, efetivamente, ser realizado a curto prazo, levando em consideração, inclusive, os fatores externos (tais como imprevistos e o ambiente econômico).

Desse modo, você evitará a desmotivação de seus colaboradores quando o final do mês chegar e nenhum membro da equipe tiver conquistado os resultados definidos nos planejamentos iniciais.

2. Mantenha a organização

Um colaborador que esteja com tarefas excessivas (ou gastando muito tempo em poucas atividades) torna-se incapaz de realizar um trabalho de qualidade, sobretudo, nos pontos que, de fato, necessitam de maior atenção.

Fazer um diagnóstico do mercado em que a empresa está inserida, por exemplo, demanda tempo para a realização de pesquisas, bem como planejar soluções para eventuais problemas e identificar as oportunidades que surgirem nesse processo.

Para superar esses desafios, é essencial manter a organização, pois isso permite que os colaboradores priorizem os elementos mais importantes em suas agendas e considerem o tempo a ser investido na conclusão de cada atividade.

Há, felizmente, ferramentas muito úteis, como o CRM que, entre outros benefícios, pode contribuir na otimização da gestão de atividades e na análise de métricas. Nada disso, obviamente, funciona sem treinamentos e capacitações constantes, além de um acompanhamento próximo dos líderes empresariais e gestores de cada área.

3. Evite a procrastinação

Como você sabe, cada indivíduo é diferente e único. Dessa forma, cada pessoa possui a sua maneira de realizar as coisas, a sua própria capacidade e, por conseguinte, a sua dinâmica de trabalho.

Há quem renda mais pela manhã, enquanto outros, por sua vez, trabalham melhor à noite. Existem pessoas capazes de permanecerem 2 horas extremamente concentradas em uma única tarefa, ao passo que outras são mais facilmente dispersas.

Muito do estresse e do nervosismo originados pela procrastinação deve-se ao fato de ficar se comparando às outras pessoas, preocupando-se com o que outros já realizaram, deixando a si mesmo “de lado”.

Logo, foque mais em si mesmo e procure se conhecer cada vez mais. Dito de outra forma, identifique suas capacidades e seu verdadeiro ritmo, adaptando-se a ele. Se, por exemplo, você render mais pela manhã, estabeleça um cronograma com maiores atividades nesse período, deixando os outros menos repletos de atividades, para que as quantidades de ações sejam menores.

Para coibir a procrastinação, é primordial ter as prioridades bem definidas, assim como os prazos de entregas das tarefas ou atividades sob a sua incumbência. Tenha sempre à mão uma tabela ou agenda de todos os seus afazeres, destacando quando eles devem ser finalizados.

4. Evite conflitos desnecessários

Conflitos podem ocorrer pelos mais diferentes motivos e, frequentemente, são gerados devido à exacerbação da competitividade. Todavia, eles só farão com que você perca a concentração no trabalho a ser realizado, trazendo desconforto ao clima organizacional.

Considere as características da equipe que você lidera para reduzir as chances de embates desnecessários entre os seus integrantes. Contudo, se eles surgirem mesmo assim, o melhor a fazer é resolver tudo o mais rápido possível, a fim de que os problemas não se avolumem e prejudiquem a produtividade do seu negócio.

5. Desenvolva a sua inteligência emocional

Desenvolver inteligência emocional demanda reconhecer e administrar suas emoções nas mais diversas ocasiões, usando-as sempre de uma forma construtiva e positiva, tanto para você quanto para quem está ao seu redor.

Essa competência diferencia, cada vez mais, os profissionais. Com efeito, ela permite a construção de ambientes de trabalho mais produtivos e harmoniosos, facilitando o surgimento de novas ideias e melhores resultados.

Os indivíduos que desenvolveram satisfatoriamente sua inteligência emocional são, geralmente, considerados mais capazes, persistentes, motivados e autoconfiantes. Em consequência, indivíduos emocionalmente inteligentes se tornam melhores profissionais, principalmente quando se encontram diante da necessidade de atuar sob pressão.

Como se não bastasse, o desenvolvimento da inteligência emocional é um grande aliado no combate a alguns males da contemporaneidade, tais como a depressão e a ansiedade.

6. Reserve um tempo para relaxar

Por mais que você seja dedicado e perseverante, existem momentos em que está uma pilha de nervos em meio à enorme quantidade de metas a serem cumpridas e fica sem saber por onde começar, não é mesmo?

Nessas situações, é altamente recomendável “dar um tempo”, isto é, respirar fundo antes de retornar às suas demandas diárias. Fora do ambiente de trabalho, faça atividades relaxantes, como correr em um parque, praticar esportes ou, até mesmo, fazer meditação e ioga.

Essas medidas são vitais no combate ao estresse, ajudando a elevar a sua produtividade. Vale lembrar, ainda, que manter uma alimentação balanceada e dormir bem pode fazer toda a diferença para a sua saúde, deixando-o mais disposto para atuar e chegar a bons resultados.

Cumpre ressaltar, por fim, que muitas pessoas sofrem, justamente, por não se sentirem confortáveis com as cobranças por resultados. Porém, é imprescindível enxergar o lado bom de ter metas a cumprir: elas podem ser ótimos estímulos quando corretamente desenvolvidas.

Uma vez que os números não mentem, os desafios inerentes a atingir um objetivo definido deve ser encarado como um interessante desafio individual e coletivo, pois, depende, em grande medida, de seu esforço pessoal e do empenho de sua equipe.

Uma boa dica para mudar a sua perspectiva sobre a pressão no trabalho pode ser encontrada na associação desses desafios com os seus objetivos pessoais. Dessa forma, é mais fácil vislumbrar como os retornos positivos no trabalho podem ajudar você a atingir os seus sonhos na vida.

Gostou do artigo? Então, siga-nos nas redes sociais e fique sempre atualizado quanto aos melhores conteúdos sobre gestão de equipes, tecnologia e produtividade. Estamos no Facebook, no LinkedIn e no Instagram!

Marcadores:

Deixe seu comentário

Fale com a gente

Nosso time de especialistas está à disposição para lhe atender. Escolha a opção desejada para iniciar o seu atendimento.

Comercial

Escolha o canal de sua preferência para atendimento com o nosso time COMERCIAL:

Suporte

Escolha o canal de sua preferência para falar com o nosso SUPORTE:

1